• Afonso Martins

Responsabilidade social - SA 8000 ou ISO 26000?


As questões que envolvem Responsabilidade Social tem ganhado cada vez mais importância e destaque nas organizações. Além de ser uma forma mais empática de como a empresa se coloca dentro da sociedade, o tema tornou-se assunto estratégico, é fundamental que a Responsabilidade Social seja gerenciada de forma adequada, assim como as outras áreas relacionadas à gestão, como Qualidade, Finanças, Recursos Humanos, etc.

Existem duas normas de referências para implantação de um programa de responsabilidade social, a AS 8000 e a ISO 26000, porém as finalidades de cada uma são diferentes e é preciso ter conhecimento dessas finalidades antes de se decidir qual das normas implantar.


O que é a AS 8000?

A norma SA 8000 é um padrão global de responsabilidade social em favor das boas condições de trabalho. A norma tem como objetivo melhorar as condições de trabalho nas organizações ao redor do mundo ao melhorar as condições dos colaboradores nas empresas.

É uma norma voluntária e certificável. Em linhas gerais, para obter a certificação credenciada SA 8000, uma empresa deve respeitar e fazer respeitar preceitos e condições relativos ao trabalho humano, atendendo os nove requisitos normativos:

  • Trabalho Infantil; 

  • Trabalho Forçado;

  • Saúde e Segurança;

  • Liberdade de Associação e Direito à Negociação Coletiva; 

  • Discriminação; 

  • Práticas Disciplinares; 

  • Horário de Trabalho; 

  • Remuneração e 

  • Sistemas de Gestão 

Para empresas que já possuem um sistema de gestão da Qualidade implementado e que seja uma empresa séria, não é difícil a implementação de um sistema com base na SA 8000, considerando que grande parte dos requisitos são requeridos pelas duas normas, como: Política de responsabilidade social, Análise crítica pela alta administração, Representantes da empresa e dos trabalhadores, Planejamento e implementação, Controle de fornecedores, Tratamento das preocupações (Ou Não Conformidades), Tomada de ação corretiva, Comunicação externa, Acesso para verificação e Registros. Embora as entradas possam ser diferentes, os processos em si se assemelham bastante.


E a ISO 26000?

De acordo com a própria ISO, a responsabilidade social se expressa pelo desejo e pelo propósito das organizações em incorporarem considerações socioambientais em seus processos decisórios e a responsabilizar-se pelos impactos de suas decisões e atividades na sociedade e no meio ambiente. Isso implica um comportamento ético e transparente que contribua para o desenvolvimento sustentável, que esteja em conformidade com as leis aplicáveis e seja consistente com as normas internacionais de comportamento. Também implica que a responsabilidade social esteja integrada em toda a organização, seja praticada em suas relações e leve em conta os interesses das partes interessadas.


O objetivo fim das duas normas podem ser os mesmos, porém a ISO 26000, uma norma também voluntária, não é passível de certificação, o conteúdo da norma não visa isso e os seus requisitos também não apropriados para fins de certificação. Seu foco é facilitar o trabalho das empresas na criação de uma Responsabilidade Social Empresarial.


Então que norma implantar?

Antes de implantar é necessário que se conheça as normas e que tenha claro os objetivos, necessidades e expectativas da empresa. O certo é que com uma gestão eficiente integrada à Responsabilidade Social, haverá ganhos não apenas para a organização, mas também para as partes interessadas, contribuindo para um bom relacionamento e a legitimidade da organização na sociedade. Além disso a organização será vista como um agente positivo para o desenvolvimento sustentável.


Afonso Matos Martins

Editor do blog

Engenheiro Ambiental, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Especialista em Engenharia da Qualidade para Engenharia da Produção, MBA em Gestão Empresarial.

Please reload

Rede pessoal

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon