• Afonso Martins

Governança Corporativa



A governança corporativa tem se tornado cada vez mais importante para as organizações por três motivos:

- A maioria das organizações têm deixado de operar com conceito de propriedade e gerenciamento únificado. A maior parte das organizações está trabalhando por meio de hierárquias, ou cadeias,de governança.

- Os escandalos corporativos que têm atingido níveis cada vez mais altos, o que, consequantemente têm aumentado as discussões de como e até quanto as diferentes posições dentro de uma cadeia deve interagir e influenciar as demais.

- A exigência dos Stajkeholders para que as organiações sejam cada vez mais transparentes e responsáveis, não apenas para os seus donos mas para todas as partes interessadas do negócio,

Mas o que é governança corporativa?

Governança corporativa é o sistema pelo qual as empresas e demais organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e demais partes interessadas.

O que é a cadeia de governança?

Em pequenos negócios, empresas familiares, por exemplo, há os stakeholders da família, há membros da diretoria, normalmente alguns membros da família e há os gerentes, que na mairia das vezes também são pessoas da família ou com grau muito alto de afinidade. Ou seja, são apresentados três camadas na cadeia.

numa empresa de maior porte e bem estruturada essas camadas se multiplicam gerando camadas extras de gerenciamento interno.

ou seja, cadeia de governança diz respeito às camadas existentes numa estrutura de gerenciamento de um negócio.

O relacionamento dessas cadeias de governança envolve alguns riscos, dentre eles:

Descompassos entre incentivos e controles: Embora uma camada aja sob influência de uma outra principal, as espectativas de um grupo pode não ser passada da forma adequada para um outro grupo. Os beneficiários finais podem estar preocupados com a segurança a longo tempo dos seus investimentos, porém os gerentes podem estar preocupados em resultados a curto prazo.

Interesses pessoais: Cada gerente pode estar em busca de benefícios pessoais e farão o possível para garantir o bom andamento da sua parte do negócio. O gerente comercial pode estar preocupado em bater as suas metas mensais, porém o gerente técnico está preocupado em cumprir os seus requisitos técnicos. Nesse caso, não é raro que haja conflitos entre os interesses.

As estruturas de Governança deve garantir que os interesses gerais sejam atendidos, ou seja, embora com abjetivos específiocos diferentes, todas os níveis da estrutura devem convergir para o mesmo objetivo.

Falaremos em próximas postagens sobre estruturas de governança.

Tem alguma dúvida, crítica ou sugestão? Escreva pra gente.

#governança #Corporativo #estratégia

19 visualizações

Afonso Matos Martins

Editor do blog

Engenheiro Ambiental, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Especialista em Engenharia da Qualidade para Engenharia da Produção, MBA em Gestão Empresarial.

Please reload

Rede pessoal

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon